home  
 
home
adicionar ao favoritos
indique esta página
english version soon
Ginásticas
História
Acrobática
Aeróbica
Artística
Geral
Rítmica
Trampolim
Conteúdo
Artigos
Biblioteca
Entidades
Hot Links
Notícias
Onde Praticar
Resultados
Especiais
Ginásios
Ginasloucos
Obstinação
Personalidade
Supereventos
Interação
Chat
Downloads
Fórum
Guestbook
Newsletter
Opinião
Institucional
Anuncie
Contato
O Site
Quem Sou
Serviços

Consultar arquivos

criação e
manutenção
d_e_n_i_x®
     
 
Artigos
 
 
 
 

Artigo 18 - Determinando o sentido de rotação das Piruetas

Fonte: USA Gymnastics

Tradução: Luis Picasso

Para que atletas de trampolim e tumbling se tornem competitivos a nível internacional é necessário que aprendam múltiplos mortais com múltiplas piruetas. Essa tarefa se torna muito difícil, se não impossível, quando o atleta executa piruetas nos mortais para frente e para trás em direções opostas. 

Dessa maneira, é crítico que o treinador certifique-se que seus atletas executem as piruetas na mesma direção.
Uma causa aparente desse problema é a confusão sobre a direção da pirueta da “estrela ou roda” e a aprendizagem de “barani” (mortal para frente com pirueta) a partir da “estrela sem mãos” (aerial). Para evitar esse problema atletas e treinadores devem compreender que a estrela iniciada com a perna DIREITA à frente e o braço direito à frente é considerado um elemento com pirueta para o lado ESQUERDO. Além de que, o barani deve ser ensinado como um mortal para frente com pirueta tarde. Quando barani é ensinado a partir da estrela sem mãos a tendência é o atleta executar a pirueta muito cedo e normalmente com uma aparência pouco elegante.

Outro problema muito comum é que mesmo quando os treinadores começam a ensinar seus atletas a girarem na direção correta alguns atletas irão mudar o sentido correto da pirueta sem serem advertidos.
Entretanto, é necessário que periodicamente os treinadores chequem a direção das piruetas nos mortais para frente e para trás. Isso pode evitar a perda de muito tempo e problemas no futuro.

Para checar a direção das piruetas coloque-se em posição lateral ao atleta e peça para que execute barani seguido de mortal para trás ou com 1 pirueta. Se as piruetas forem executas na mesma direção você verá o peito no barani e as costas no mortal para trás ou com 1 pirueta (ou vice-versa). Se o atleta vira as costas ou o peito em sua direção em ambas piruetas ele está girando em sentidos opostos e você terá um problema a resolver.

Se você descobrir um atleta que executa piruetas em sentidos opostos você deverá decidir qual delas deverá ser mudada. Embora a decisão de qual pirueta mudar o sentido seja arbitrária, normalmente é mais fácil voltar para trás e reaprender o barani do que a pirueta para trás.

Para perceber o sentido de rotação das piruetas nem sempre é fácil para treinadores menos experientes. Se você não tem certeza do sentido de rotação de seus atletas peça ajuda de um treinador mais experiente ou que já tenha passado por esse tipo de problema.

Vamos fazer com que nossos atletas iniciem girando para a direção correta!

 
 
     
 

História Acrobática Aeróbica Artística Geral Rítmica Trampolim Artigos Biblioteca Entidades Hot Links Notícias Onde Praticar Resultados Ginásios Ginasloucos Obstinação Personalidade Supereventos Chat Downloads Fórum Guestbook Newsletter Opinião Anuncie Contato O Site Quem Sou Serviços

 
 
 
 
Resolução mínima de 800x600 IE 5.0
© Copyright Ginásticas.com 2000-2003,
Denis R. Patrocinio