home  
 
home
adicionar ao favoritos
indique esta página
english version soon
Ginásticas
História
Acrobática
Aeróbica
Artística
Geral
Rítmica
Trampolim
Conteúdo
Artigos
Biblioteca
Entidades
Hot Links
Notícias
Onde Praticar
Resultados
Especiais
Ginásios
Ginasloucos
Obstinação
Personalidade
Supereventos
Interação
Chat
Downloads
Fórum
Guestbook
Newsletter
Opinião
Institucional
Anuncie
Contato
O Site
Quem Sou
Serviços

Consultar arquivos

criação e
manutenção
d_e_n_i_x®
     
 
Personalidade
 
 
 
 

Personalidade 01 - Daniele Hypólito

Daniele Matias Hypólito é natural de São Paulo (capital), tem 16 anos (nasceu em 04/09/1984), pesa 37 kg e tem apenas 1,41m.

Seu primeiro contato com a ginástica foi no SESI de Santo André, SP, onde o tablado do solo era nada mais nada menos que um tatame de judô. Mesmo com as dificuldades, treinando em aparelhos antigos, Daniele conseguiu se sobressair.

Um tempo depois ela foi treinar na Yashi, onde conheceu Georgete Vidor. Nessa época, em protesto ao péssimo tratamento dispensado às ginastas do Flamengo, Georgete e as principais ginastas do clube, mudaram-se para São Paulo, indo treinar na Yashi. Quando o Flamengo resolveu atender às reivindicações, Georgete retornou trazendo Daniele , que recebeu uma oferta irrecusável.

Daniele HypólitoDani, que vem de uma família pobre, chegou no Flamengo em 1994 como contratada , situação inédita no Brasil, recebeu do clube moradia, escola para ela e seus dois irmãos e um salário, sem contar que seu pai é motorista do ônibus do clube e sua mãe confecciona roupa para a equipe de ginástica.

O talento e a força de vontade fez com que Daniele se destacasse. Sua escola colabora quando ela precisa se ausentar para participar de competições fora do país, uma raridade em se tratando de Brasil. Daniele dedica-se somente aos estudos e à ginástica, ela estuda de manhã, do clube vai direto para escola retornando ao clube após as aulas, de onde sai por volta das 21hs.

Ao contrário de ginastas como Silivas e Gutsu, Daniele faz uma linha mais agressiva, e o ballet nunca foi sua atividade preferida, ela só o pratica por causa dos elementos. E isso percebemos fácil nas séries de solo de Daniele.

Em 1997, por pouco o sonho de ir a Sidney não acaba, um acidente com o ônibus em que viajava a equipe de ginástica do Flamengo, que ia disputar o campeonato nacional daquele ano colidiu com um caminhão deixando 7 mortos, Georgete paraplégica e sua melhor amiga Úrsula Galera Flores em coma. Felizmente Úrsula se recuperou, mas não o suficiente para continuar na ginástica.

Em agosto de 98, Daniele sofreu uma cirurgia no joelho que a deixou por pouco tempo afastada da ginástica. Na ginástica, problemas no joelho e coluna são comuns, e no seu caso foi de fácil recuperação.

Paulistana, ainda competindo pelo Flamengo, Daniele Hypólito possui uma série de bons resultados que a credenciam como uma das melhores ginastas sul-americanas.

Em 1996, foi a 1ª no Campeonato Nacional nas categorias individual e geral. No ano seguinte, conseguiu três expressivos resultados. Ganhou o Campeonato Brasileiro no individual e no geral. Foi primeira por equipes no pan-americano de ginástica nas barras e no solo e oitava no Trophee Massila no individual e geral.

Em 1998, foi a primeira no pan-americano de ginástica júnior na categoria solo da geral e individual. E também em 1998 conseguiu se colocar em 15º lugar no individual na American Cup.

Em entrevista a Internacional Gymnastic Magazine, uma das melhores revista sobre ginástica, Dani deixou claro que se ela fosse a uma olimpíada ela iria para ganhar, não apenas participar, quer tentar ganhar medalhas. As olimpíadas de Sydney foi uma pequena mostra da raça desta paulistana. Daniele fez história, conseguindo o 21º lugar! Medalhas?! Grécia 2004 está chegando!

É isso aí! Força Dani!!!!

 
 
 
     
   
 
 
 
Resolução mínima de 800x600 IE 5.0
© Copyright Ginásticas.com 2000-2003,
Denis R. Patrocinio